sexta-feira, 8 de maio de 2015

Um açaí de resistores / um teste de açaí – Dimitri BR





















I.
leio no Rio o que marília escreveu
em são paulo            ou por são paulo
por ter ido morar em são paulo
já morei em são paulo somos mais cariocas 

que no Rio         eu e marília       (e o victor) 


II.
atravesso a avenida em direção ao mar
um carro quase me atinge        um turista
se assusta               eu não
ser atropelado não está nos planos
do carioca        por acaso       em direção ao mar 



III.
vivo         em frente ao mar
escrevo: é inexato afirmar
que cariocas atravessam a rua
fora dos sinais de trânsito
para isso seria preciso
que cariocas admitissem a existência de sinais de trânsito 




IV.
retomo o livro no ponto exato
onde havia parado        marília
escreve: eu acho que aqui em são paulo
as pessoas costumam atravessar a rua na faixa de pedestres 

eu acho que aqui em são paulo
as pessoas não têm a mania
de atravessar a rua no meio dos carros 



V.
o primeiro livro de marília se chama
encontro às cegas
quando ela escreveu esse livro      no Rio
eu morava                            em são paulo
apresentei marília a ricardo
meses depois num assalto frustrado
(eu e ricardo)
não deixei levarem o primeiro livro da marília
agora ricardo dorme     na casa de cristina    à beira-mar 



VI.
dizer que sou carioca por acaso
é inexato
para isso seria preciso
que paraenses não atravessassem o Rio em direção ao mar



VII.
quando criança lastimava a falta
de açaí                              no Rio 

quando adolescente o cabelo da marília 
foi azul                             no Rio
como saber se a cor que eu vejo
é a mesma cor que você vê? 


VIII.
o mais recente livro da marília se chama 

um teste de resistores
a cor da capa deve ter um nome
e um código pantone e uma fórmula 

química e coordenadas CMYK e RGB 
pra mim tem cor de açaí
quando foge de atropelamento 


_____________


há alguns meses 
eu tinha prometido reunir aqui 
poemas           textos vídeos leituras
em diálogo com um teste de 
resistores

alguns percalços        no meio do caminho

e certo atraso        
                      mas enfim recomeço a postar
eu tinha começado com um poema do thiago galego, aqui
e retomo com este do dimitri br

agradeço os autores pelo diálogo!


Sem comentários:

Publicar um comentário