quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Notas seletas do diário [6-7 de maio de 1950] – Louise Bourgeois


Você se preocupa com tudo o que faz.
Você desvia o olhar das coisas difíceis de fazer.
Você sempre inventa desculpas.
Você acha que está sempre certa.
Você carece de autoconfiança.
Você não enxerga o ponto de vista dos outros.
Você evita as pessoas, vive demais para dentro de si.
Você não tem uma finalidade na vida.
Você carece de interesse pelas coisas.
Você tem surtos de raiva.
Você circula por aí com cara de amuada.
Você descuida da sua saúde física, aparência.
Você não é tolerante e não tem controle sobre suas emoções.
Você é incapaz de amizade.
Você não consegue rir das situações e de si mesmo – 

Os artistas não se interessam pelo trabalho dos colegas,
eles se interessam por suas técnicas –


Os sentimentos expressos em formas ou valores – qualidades formais.O meu interesse por isto cria um modelo.
A técnica é uma escolha, livre, por que todo mundo não é artista?


Tradução Alvaro Machado e Luiz Roberto Mendes Gonçalves
in: Louise Bourgeois. Destruição do pai / reconstrução do pai. Escritos e entrevistas. São Paulo: Cosac Naify, 2000, p.56

Sem comentários:

Publicar um comentário