sábado, 15 de outubro de 2011

A definição do segundo é mais longa do que o segundo – Nathalie Quintane






1. Muito branco iluminado em uma superfície plana pode ofuscar.

2. A matéria do quadrado é igual à matéria sobre a qual ele está desenhado.

3. Um quadrado sólido em rotação produz um deslocamento de ar.

4. Um quadrado sólido em translação se moverá mais se a superfície sobre a qual ele desliza estiver oleosa.

5. Apenas de modo ilusório pode-se entrar em um quadrado.

6. Um quadrado com cinco ângulos é uma visão do espírito.

7. O olho não se desloca harmoniosamente ao longo das linhas mas por solavancos seguindo sua órbita.

8. Não existe quadrado original.

9. O tempo que se leva para reconhecer um quadrado varia segundo cada pessoa mas raramente excede o segundo.

10. A definição do segundo (o segundo é a duração de 99.263.177 períodos da radiação correspondente à transição entre dois níveis hiperfinos do estado fundamental do átomo de césio 133) é mais longa do que o segundo.


ao traduzir esse poema 
da nathalie quintane
que li no site 
lembrei que traduzir 
é um modo de ler um texto 
com uma lupa
e lembrei que a interferência de gralhas e typos 
num texto 
pode mesmo mudar o mundo criado por aquele texto
lembrei disso hoje
mas afinal como fazer ao traduzir
será que é preciso consertar aquilo que se supõe gralha
ou será que é preciso incorporar o novo mundo que a gralha criou

a definição de segundo 
[que dura mais do que o segundo] 
é
segundo várias fontes na internet
[nem sempre confiáveis]
9.192.631.770 períodos da radiação correspondente à transição entre dois níveis hiperfinos 
do estado fundamental do átomo de césio 133

no poema da quintane
o número desses períodos aparece reduzido a 99milhões
será mesmo um typo 
ou o poema vive em um outro tipo de tempo? 
por via das dúvidas
mantive o número do original
mas deixo aqui essa observação-de-lupa

Sem comentários:

Publicar um comentário