quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Dias dias dias – Augusto de Campos e Caetano Veloso



“você radiografou a minha cabeça”
foi o que disse augusto de campos 
quando caetano gravou
em 1973
este “dias dias dias”
poema da série poetamenos 
[de 1953] 

e acrescentou  
“melhor diria: 
radiogravou... 
música-e-letra é o normal da canção popular
mas música-e-poema 
— comum na música erudita — 
é uma combinação esquisita 
no âmbito da canção popular. 
o que dick higgins chamou de 'intermídia' 
— conjunção de linguagens díspares. 
'mistura adúltera de tudo' 
— diria tristan corbière.” 

colo abaixo 
apenas o corpo do poema 
em tamanho maior do que o do vídeo

assim é possível ver mais claramente
o poema-partitura
e ver-ouvir de que maneira
o caetano trabalha
com esses sons-cores

essa radiogravação 
entrou essa semana por uma fresta da memória 
na minha cabeça 
quando a rike bolte me pediu para fazer
um telegrama poético

mesmo depois de tê-lo feito
devo dizer que o conceito de telegrama 
no limiar de onde estamos
continua sendo 
pra mim
ouvir esta radiogravação
do poetamenos

Sem comentários:

Publicar um comentário